quinta-feira, 26 de abril de 2012

Taís



Nosso tempo se foi
E você nem me disse adeus.
Apenas seguiu
Não me olhou, nem sorriu...

Nosso desejo se foi?
E você nem me disse “oi”.
Apenas seguiu
Não me olhou, nem sorriu...

Não viu, a lança de prata
Que perfura meus olhos...
São lagrimas.

Nem sentiu, o espinho
Que me fere a alma...
Tua falta.


Thiago Grijó Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário