segunda-feira, 11 de julho de 2011

Auto-retrato

Sou mudo
Por vezes cego
Burro e surdo.

Sou transparente
Por vezes frágil
Fraco e inocente.

Sou indefeso,
Como um pássaro sem asas.
Sou vazio,
Como um oceano sem água. 



Thiago Grijó Silva

2 comentários:

  1. :)...meu poeta preferido0 ownn

    ResponderExcluir
  2. haushahsuashua...Caramba Thiagoo fazendo sucesso caraa !! Arrasou Poeta da Sombraa =)

    ResponderExcluir